Metal is The Law

Aqui, o Metal é a lei!
 
InícioInício  Blog Metal Is The Law  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Resenha:LOS DUG DUG'S- Smog-1972-MEX.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
bolder damn

avatar

Mensagens : 985
Data de inscrição : 20/02/2010
Idade : 38
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Resenha:LOS DUG DUG'S- Smog-1972-MEX.   Seg 5 Nov 2012 - 10:19

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Banda:Los Dug Dug's
Album:Smog
Ano:1972
Origem:[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Genero:Hard Rock/Heavy Rock/Rock Progressivo

Musicos:

Armando Nava: Vocal,Guitarra Elétrica,Guitarra Acustica,Flauta,Piano e Percussão
Jorge de La Torre "Cochona": Baixo,Vocal e Percussão
Daniel Tello: Bateria

Musico Convidado:

Enrique Nava: Vocal

Musicas:

1-Smog- 3:00
2-Buscalo- 1:35
3-Hagamoslo Ahora (2 Parte)- 11:45
a)Sigueme
b)Dime que eres tu?
c)Cortalo
d)Ven,Ven,Ven
e)Hagamoslo Ahora
4-Yo no Se- 3:51
5-Cual es tu Nombre?- 3:10
6-Meditacion- 1:11
7-No Somos Malos- 3:10
8-Voy Hacia el Cielo (Voy Hacia el Sol)- 6:20
9-Smog (Version en Ingles)(Bonus)-2:50
10-I've Got to Run,way frome Here (Bonus)- 2:26

Total: 40:00 min.

Avaliação: (nota:10)





O Rock Progressivo realmente é o genero musical mais democrático do mundo possibilitando que bandas de vários países sejam conhecidas e apreciadas mundialmente.A banda em questão ,o Los Dug Dug's , vem até de um cenário onde o Rock n Roll tem bastante aceitação e tambem várias bandas,falo do México, país que revelou ao mundo o guitarrista Carlos Santana ,existem vários grupos progressivos vindos de lá e que fazem um relativo sucesso no meio ,bandas como Iconoclasta,Chac Mool e Nazca. Esta banda em questão, natural de Durango (O nome Dug Dug's vem daí ,em homenagem a cidade de fundação do grupo) não está entre as mais conhecidas mas com absoluta certeza está entre as melhores.Eles fazem um Hard Prog de primeira linha,com excelentes guitarras bem pesadas e uma flauta sensacional, o estilo deste grupo Mexicano lembra bastante o Jethro Tull em inicio de carreira

Formada no final dos anos 60 por Armando Nava ( Vocal,Guitarra,Piano e Flauta) e Jorge De La Torre (Baixo e Percussão) como uma banda escolar chamada Xippos Rock eles desde cedo cativaram e tinham um publico fiel em seus shows nos bares e escolas.Quando sentiram que já tinham experiencia suficiente para novos projetos,partiram para excurssões em Tijuana e Cidade do México para fazerem suas apresentações,foi nesta epoca que fizeram a mudança do nome para Los Dug Dug's,logo gravariam seu primeiro disco simplesmente chamado "Dug Dug's" (1971) e são chamados para participar do mais importante festival de Rock do México,o Festival Avándaro.

Para a gravação do segundo disco,"Smog" (1972),Armando Nava resolve transformar a banda num Power Trio incluindo em sua formação o baterista Daniel Tello. Neste album o que se ouve é uma verdadeira aula de Hard Rock com excelentes passagens Progressivas,onde a flauta (bastante influenciada por Ian Anderson),dita o ritmo muito bem acompanhada por uma guitarra nervosa e muito bem tocada,Nava era um ótimo instrumentista.O trabalho é todo cantado em Espanhol (lembrando que a maioria das bandas Mexicanas da epoca optavam por cantar em Inglês) e Nava mais uma vez se destaca,ele tambem mandava muito bem no vocal.

O album é todo bom,não ha musica ruim, mas com certeza tem seus destaques; "Smog" já abre o disco muito bem, no primeiro segundo um carro acelerando e em seguida entra uma flauta pesadona mais a guitarra, a musica fica neste ritmo até o fim ,voce já sabe nesta faixa que trata-se de um grande trabalho, "Hagamoslo Ahora (2 parte)" é com certeza a melhor do disco e tambem a mais longa com quase 12 minutos,ela se divide em 5 partes,as melhores são "sigueme" ,"Dime que eres tu?" e "Hagamoslo Ahora",a musica já começa com excelentes viradas de bateria e magistral trabalho de guitarra, ela permanece em um ritmo frenético até a entrada da flauta com quase nove minutos de duração,que aliada a guitarra permanece até o fim,esta faixa é fenomenal mesmo, "Cual es tu Nombre?" com excelente entrada em que a guitarra está bem pesadona,"Yo no Se","No Somos Malos" onde mais uma vez a flauta e a guitarra matam a pau ,esta faixa é maravilhosa , "Voy Hacia el Cielo (Voy Hacia el Sol)" é a segunda melhor e a mais tranquila dentro do frenesi que é este disco, a flauta aqui esta mais calma aliado a ela esta um bonito vocal e o piano muito bem executado e finalmente "I've Got to Run,Way frome Here" (faixa bonus) com excelentes sintetizadores e piano é a mais Progressiva do disco, esta faixa já é cantada em Ingles e diferentemente das outras não ha a participação da flauta (uma pena pois o trabalho de flauta neste disco é uma coisa de louco).

Album excelente,mas infelizmente pouco conhecido no meio Progressivo,e com certeza um dos 10 melhores discos de Prog da América Latina.Altamente recomendado e como não podia deixar de ser, Nota 10.A banda ainda lançaria mais dois discos antes da dissolução do grupo, são eles "Cambia,Cambia" (74) e "El Loco"(75),mais sem as mesmas caracteristicas dos dois primeiros ,nestes exemplares já pendem mais para o pop.Mas para uma banda que deixou uma preciosidade como "Smog" gravada, eles estão perdoados.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Resenha:LOS DUG DUG'S- Smog-1972-MEX.
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Fender Jazz Bass 1972
» Resenha: Squier Vintage Modified Jaguar Bass
» NEVERMORE - Dead Heart in a Dead World (2000)
» diferenças entre Jazz Bass american STD e Jazz Bass anos 70
» American Vintage '57 Precision Bass®

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Metal is The Law :: Rock N' Roll e Metal :: Assuntos Gerais-
Ir para: