Metal is The Law

Aqui, o Metal é a lei!
 
InícioInício  Blog Metal Is The Law  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Pat Metheny

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 

Qual é o seu álbum preferido?
Bright Size Life (1976)
100%
 100% [ 1 ]
New Chautauqua (1979)
0%
 0% [ 0 ]
The Falcon and the Snowman (Soundtrack) (1984)
0%
 0% [ 0 ]
Zero Tolerance for Silence (1992)
0%
 0% [ 0 ]
Passagio per il paradiso (Soundtrack) (1996)
0%
 0% [ 0 ]
A Map of the World (Soundtrack) (1999)
0%
 0% [ 0 ]
One Quiet Night (2003)
0%
 0% [ 0 ]
Orchestrion (2010)
0%
 0% [ 0 ]
Total dos votos : 1
 

AutorMensagem
Heaven And Hell
Administrador
Administrador
avatar

Mensagens : 1541
Data de inscrição : 16/11/2009
Localização : Santa Catarina

MensagemAssunto: Pat Metheny   Ter 21 Dez 2010 - 19:32

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Iniciando com o trompete já aos 8 anos de idade, Metheny trocou para a guitarra ao 12 anos. Aos 15 anos, já estava trabalhando com os melhores músicos de jazz do Kansas, adquirindo experiência em bandas já muito jovem. Seu primeiro sucesso na cena internacional do jazz foi em 1974. Com o lançamento de seu primeiro álbum, Bright Size Life (1976), segundo a crítica, ele reinventara "o som tradicional da guitarra jazz" para uma nova geração de guitarristas. Durante sua carreira, continuou a redefinir o género utilizando novas tecnologias e trabalhando constantemente para refinar sua capacidade sonora e de improvisação no seu instrumento.

Planejando sua carreira com sabedoria, trabalhou primeiro com uma gravadora de grande prestígio na música moderna (ECM), depois em uma gravadora de inclinações pop (Geffen) e finalmente com a multi-nacional (Warner Bros). Flertou com o jazz-rock, com grande sucesso, e chegou mesmo a ter videoclipes exibidos na rede MTV. Segundo os críticos Richard Cook e Brian Morton, "Metheny tornou-se uma figura-chave na música instrumental dos últimos 20 anos".

Durante os anos, atuou com músicos tão diversos como Steve Reich, Ornette Coleman, Herbie Hancock, Jim Hall, Milton Nascimento e David Bowie. Formou uma parceria de composição com o tecladista Lyle Mays por mais de vinte anos - uma parceria que foi comparada às de Lennon/McCartney e de Ellington/Strayhorn por críticos e por ouvintes igualmente. O trabalho de Metheny inclui composições para guitarra solo, instrumentos elétricos e acústicos, grandes orquestras, e peças para ballet, com passagens que variam do jazz moderno ao rock e ao clássico.

Metheny atuou também na área academica como professor de música. Aos 18, foi o professor mais novo de sempre na universidade de Miami. Aos 19, transformou-se no professor mais novo de sempre na Berklee College of Music,onde recebeu também o título de doutor honorário vinte anos mais tarde (1996). Ensinou também em workshops de música em várias partes do mundo, desde o Dutch Royal Conservatory ao Thelonius Monk Institute of Jazz. Foi também um dos pioneiros da música eletrônica, e foi um dos primeiros músicos do jazz que tratou o sintetizador seriamente. Anos antes da invenção da tecnologia de MIDI, Metheny usava o Synclavier como uma ferramenta de composição . Também tem participação no desenvolvimento de diversos novos tipos de guitarras tais como a guitarra acústica soprano, a guitarra de 42-cordas Pikasso, a guitarra de jazz Ibanez Pm-100, e uma variedade de outros instrumentos feitos sob encomenda.

Metheny é um músico que estuda e escreve muito, está aberto a inúmeras influências, e principalmente toca e grava muito. Nesse processo, atira em várias direções, e é inegável que acaba produzindo alguns trabalhos de caráter mais comercial, ainda que agradáveis e perfeitamente bem executadas.

Durante anos, Metheny ganhou vários concursos como o "melhor guitarrista de jazz" e prêmios, incluindo discos de ouro para os álbuns Still Life (Talking), Letter from Home e Secret Story. Ganhou também quinze prêmios Grammy Awards sobre uma variedade de categorias diferentes incluindo "Best Rock Instrumental", "Best Contemporary Jazz Recording", "Best Jazz Instrumental Solo", "Best Instrumental Composition". O Pat Metheny Group ganhou sete Grammies consecutivos em sete álbums consecutivos.

Metheny dedica-se a maior parte de sua vida em turnes e viagens, e calcula uma média entre 120 à 240 viagens por ano desde 1974. Continua a ser uma das estrelas mais brilhantes da comunidade do jazz, dedicando tempo aos seus próprios projetos, a novos músicos e aos veteranos, ajudando-lhes a alcançar suas audiências tão como realizar suas próprias visões artísticas.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

_________________
Acessem o Blog Metal Is The Law: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rockmetalsempre.blogspot.com/
Digo Page
Administrador
Administrador
avatar

Mensagens : 705
Data de inscrição : 09/12/2009
Idade : 23
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: Pat Metheny   Ter 8 Mar 2011 - 17:26

Excelente guitarrista, o álbum Bright Size Life é uma obra-prima, um dos meu preferidos de jazz, e o The Falcon And The Snowman também é excelente. Na carreira solo eu ouvi poucos, ouvi mais o Pat Metheny Group, mas também ouvi outros com parcerias, como I Can See Your House From Here, com John Scofield; Song X, que tem Ornette Coleman entre outros músicos, e também As Falls Wichita, So Falls Wichita Falls, com Lyle Mays, que também fazia parte do Pat Metheny Group, todos discos fantásticos também.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Pat Metheny
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Pat Metheny
» Lucas Fernandes - Two For The Road - Solo de Pat Metheny
» Jaco (c/ Pat Metheny) bootleg
» Em poucas palavras, a verdade sobre JACO PASTORIUS, segundo PAT METHENY (sem legendas)...

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Metal is The Law :: Jazz e Blues :: Músicos-
Ir para: